Páginas

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Entrevista com Cláudia Miceli, Esteticista, Mãe de 2 filhos, esposa e mulher de muita fé!


Claudia Miceli é a nossa mais nova colaboradora do blog na área de estética e beleza.
.
Ela gentilmente concordou em compartilhar conosco, em primeira pessoa, sua trajetória de vida e como superou grandes desafios pessoais e profissionais para se tornar uma mulher empreendedora e dona de seu próprio espaço cujo foco é o de proporcionar um atendimento personalizado e mais humanizado aos seus clientes.
.
Antes de uma pele mais bonita e cuidada, a saúde, autoestima elevada e uma melhor qualidade de vida são essenciais para que haja o equilíbrio interno com o externo.
.
Quando me falaram do trabalho da Cláudia, decidi experimentar e observar suas técnicas. Eu não apenas reduzi medidas como também tive a grande satisfação de aprender com a história de vida desta mulher incrível.
.
Este blog tem me reservado grandes surpresas e permitido conhecer pessoas que realmente acrescentam nossas existências... nunca fui tão tolerante, aberta a novas idéias e questionadora quanto a minha própria zona de conforto... Cláudia Miceli, seja bem-vinda ao "Direitos e Deveres das Mulheres"
.
Para quem a conhece sabe a grande mulher que é. Para quem não a conhece, esta é a chance! Aproveitem.
.
"Escrevo a vocês leitoras que como eu, além de cumprir o papel de profissional atuante no mercado de trabalho, não querem deixar de ser mãe, esposa, feminina, ter tempo, dinheiro e ainda ser feliz.
.
Meninas olhem só, como meu filho diz “é um pergaminho”, mas quero que percebam que foram os detalhes e os recomeços que me trouxeram até aqui.
.
Todos os dias minha vida é um grande desafio, mas vale a pena a cada vitória, pois, a cada momento que meu filho mais velho me apóia, a cada sorriso do meu menor eu tenho forças para seguir em frente.
.
Com eles aprendi a caminhar mais devagar, a fazer novas e maravilhosas escolhas em minha vida profissional que muito me enriqueceram, aprendi a acreditar no impossível e a perceber os pequenos momentos em minha vida.
.
Agradeço a este blog a oportunidade de contar a minha própria depois de ter lido de tantas outras mulheres para acreditar que eu também poderia vencer.
.
Hoje sou esteticista, e atendo na região da Granja Viana. Amo o que faço... me apaixono por cada história dos meus clientes e descanso mentalmente a cada atendimento. Mas nem sempre foi assim, afinal além de mulher sou humana, tive erros, acertos e culpa, até ter a certeza de como conduzir minha carreira.
.
Ao me casar, grávida do meu primeiro filho (luz de minha vida) eu estava com um novo nome, com 21 anos, sem faculdade, dona de casa, completamente fora do mercado de trabalho em plena década de 90 onde nós mulheres deveríamos estar finalizando a primeira faculdade, falando outros idiomas,etc.
.
Vim de uma área de informática e rapidamente fiquei ultrapassada. Era certo que queria estar perto do meu menino pelo menos até quatro ou cinco anos, até ter a tranqüilidade de deixá-lo com uma empregada.
.
Então decidi vender cosméticos, comprei com um kit de consultora, ainda quando morava em um prédio sem área social. Minha mãe me ajudava para eu não ser descrendenciada. Tivemos, depois de alguns anos, a oportunidade de nos mudar para um condomínio melhor e com área social.
.
Com a venda dos cosméticos, fiquei entre as dez melhores de nossa região. Montei estoque, fiz mala direta (de papel não tínhamos computador), bazar, aluguei o salão de festa para bingo e chá. Fiz um mercado no meio em que eu vivia, um mercado de mães.
.
Comecei a pagar uma faxineira, passeios com as crianças, abri uma conta. Tudo seguindo as orientações de uma grande mulher que começou revendendo Tuppeware que quando a conheci ela já tinha uma distribuidora.
.
Eu estava me sentindo uma mulher de novo e agora acreditando que poderia ir mais longe. Decidi voltar a estudar. Foi então que conheci o meu primeiro ANJO - uma mãe e cliente que me mostrou um curso de massagem, assim ela dizia: “_vc irá levar este curso para toda sua vida”.
.
Era um dos melhores, conheci um universo novo e me apaixonei. Minha sogra ficou com meu filho mais velho por quase todo o curso, mas no final ele chegou assistir aulas comigo, tive que repor as faltas em finais de semana e a noite. E sofri no meu trabalho de conclusão com o grupo por não poder me dedicar mais. CONCLUI. Chegou a hora da empregada, e aquela mulher tinha razão (a do tuppeware!!).
.
Consegui um estágio com a Quick Massage três dias por semana. Logo fui contratada, “sem salário”. Ganhávamos por atendimento e no início, meus ganhos eram para pagar o salário da empregada. Depois com as caixinhas a sua condução.
.
Para a empresa que comprou o stand em que eu ainda estagiava, não era necessário muitos cuidados com a nossa aparência e sim a qualidade de atendimento de nossos clientes. Esta empresa estava entre as melhores do mercado e foi o melhor grupo com o qual já trabalhei. Tinhamos que ser bons e bons em quinze minutos, resolver casos e o cliente sair satisfeito.
.
Aluguei então uma sala por hora, uma correria e SEM O CLIENTE PERCEBER!! Valeu até eu atender um senhor japonês que havia sido demitido de seu emprego naquele dia... percebi pela primeira vez que em deteminados casos o TEMPO era uma manobra preciosa.
.
Agora era o de firmar uma nova imagem... ser uma massoterapeuta que vendia cosméticos e não a vendedora de cosméticos que faz massagem. Enfim, perdi meu estoque, mas com uma nova ESCOLHA em minha vida profissional.
.
Comecei a alugar o salão de festas do meu condomínio para atender com o Quick massage e conquistei alguns clientes de lá. Mais uma vez nos mudamos...
.
Eu visualisava o meu mercado fora de SP, na Granja Viana que naquela época era tranquila. Meu objetivo era ser mãe e profissional sem dirigir de um lado para o outro. Começava aí uma das maiores crises no meu casamento, mas esperem meninas...um detalhe importante, a crise para meu marido era só minha,rs,rs...como acredito que, para muitas de nós.
.
Fiquei sobrecarregada com as dificuldades do meu filho na escola, aulas extras, início de um novo contrato em uma empresa na Rodovia Raposo Tavares e um mercado de beleza começando a apontar.
.
Meu chefe (meu segundo ANJO) permitiu que eu estudasse em meu horário de trabalho se necessário. Para compensar ,eu atendia os funcionários fora do meu horário. Comecei um curso técnico de estética por módulos e ofereciamos os pacotes na empresa. Ele chegou a pedir para eu sair da empresa, me levar para uma clínica para me cuidar, pois, realmente parecia que eu não iria dar conta de nada (ele era bárbaro!!) ou então me estimulava para tirar uns dias de folga para cuidar da minha vida e voltar bem. Bom, esse era o Cara eu me espelhava nele: estudar muito e vencer!!
.
Entre crise, escola, curso e empresa, fiquei grávida do meu segundo menino. Destino, Deus, foi providenciado. Curti o barrigão e meu filho mais velho me acompanhava. Estudei até o final e me apaixonei pelo atendimento a gestante meu último módulo. Tive que parar de trabalhar e estudar no oitavo mês. E claro como uma mulher lutadora, esforçada, mas sem emprego, deixei de viver, canselei até minha conta para não ter despesas. Hoje penso... só eu mesm
a!!
.
Fui cuidar do jardim e de meu menininho, mas tudo não era só alegria, pois estava dinheiro para pagar uma empregada e exausta pois meu bebê não dormia, fiquei muito triste por mal conseguir estudar. Com a crise e o bebê sem dormir, desta vez, não via a possibilidade de ser só mãe por muito tempo. E como recomeçar?
.
Percebi naquele momento que eu havia cometido um GRANDE ERRO... nunca fiz cadastro ou contato com os clientes e agora me via sem DINHEIRO, não podia pagar babá, deixei de fazer meus passeios com meu menino mais velho que eu adorava, sem cabelereiro e todos os nossos cuidados...
.
Por onde começar? Não havia saída, uma coisa levava a outra. Só me restava a CARTOMANTE rs...e fui. Enfim, esta mulher que hoje não esta entre nós, foi mais um ANJO, pois, me indicou o caminho espiritual que escolhi e me disse ao sair: “_eu nunca faço isso, mas vá cuidar de sua vida”, e até hoje me pergunto quem era aquela mulher, viu??!!
.
Meu bebê passou a dormir melhor, eu aprendi a me tornar uma pessoa melhor. Este novo caminho me ensinou a sentar, a andar mais devagar, a prestar atenção em tudo e a todos a minha volta, ver o belo. E mais um ANJO, agora meu filho mais velho em sua nova escola me presenteou com uma cordenadora que me dava em poucas palavras, lições de vida e de mãe e me mostrava que minhas escolhas seriam o futuro dele. Deixei de aceitar as condições em eu vivia no meu casamento e decidi voltar a estudar. Por ele chegaria ao céu ou ao inferno, mas mudaria o que não estava bom.
.
Uma vizinha (mais um ANJO) começou a ficar com o meu segundo filho, ainda bebê, enquanto eu saia para fazer atendimentos home care. Um fisioterapeuta que havia trabalhado comigo, me tratava com acupuntura para eu agüentar o tranco, me ajudava a pesquisar os casos mais complicados. Este ANJO me ajudou a recomeçar. Por vezes eu cheguei a dormir por alguns minutos em posto de gasolina, na porta das aulas do meu filho mais velho, mas resolvi seguir em frente.
.
Logo quando meu filho mais novo completou um ano e oito meses, os atendimentos aumentaram. Eu mais uma vez sem saber como fazer para continuar, meu PAI (sempre meu ANJO) me falou “ _ esta na hora dessa criança ir para escola” e com dor no coração concordei.
.
Eu já conseguia pagar antecipadamente a escola dele conforme ia recebendo os cheques dos meus clientes até a chegada do pagamento mensal estar completo.
.
Meu marido concordou em recontratar a empregada e logo não precisei mais pagar a escolinha. Então, minha mãe em um momento de sabedoria me disse “_está na hora de você ir para a faculdade”. Descobri um financiamento, hipotequei a casa dos meus pais (que loucura!!) e fui. Tranquei no final do primeiro semestre, pois não agüentei, mas reuni forças e no semestre seguinte voltei, mas não foi tão simples assim.
.
Quase toda segunda-feira meu filho pequeno amanhecia com febre e claro que em dias de prova. Caí em prantos em uma consulta pediátrica do meu menininho. Eu estava sobrecarrega e a pediatra (mais um ANJO!!), me tranqüilizou, me deixou sem o sentimento de CULPA que eu carregava em deixá-lo ainda pequeno. E me acompanhou com os meninos até o final.
.
Neste meu novo caminho minha professora (outro ANJO) e querida amiga, me ensinava a praticar para ter fé, a não desistir e enfim fechar os ciclos em minha vida, a não parar por causa do meu filho e sim ajudá-lo a caminhar comigo mesmo em dias de febre. Somente assim eu iria vencer.
.
Fiz o curso sem poder comprar os livros, usava xerox, gravava as aulas. Dois outros ANJOS me emprestavam a matéria quando faltava. Entre crise, escola, curso e empresa, fiquei grávida do meu segundo menino. Destino, Deus, foi providenciado. Curti o barrigão e meu filho mais velho me acompanhava. Estudei até o final e me apaixonei pelo atendimento a gestante no meu último módulo. Tive que parar de trabalhar e estudar no oitavo mês, mas por causa das despesas, acabei cancelando até minha conta-corrente. Hoje penso... só eu mesma!!.
.
Cheguei a ouvir de um professor “_ e eu fosse você eu desistiria”. Fiquei chocada... naquele bimestre tirei a minha melhor nota em sua matéria... DESISTIR NUNCA MAIS!! E saí do papel de coitada para vencedora.
.
Recusei propostas de trabalho para estudar. Continuei somente com o atendimento home care. Meus finais de semana e muitas madrugadas eram para estudar e para zelar pelos meus meninos. Eu queria me introduzir, com qualidade, no mercado da estética. Conclui a Univ
ersidade com ajuda da minha mãe pregando, ao telefone, que eu iria conseguir e da minha sogra que cuidava do meu menino em dias em que ele não podia ficar na escola.
.
5) Haviamos começado uma obra em casa que terminou com um projeto para o meu consultório com a ajuda do meu sogro. Agora eu tinha uma sala de estética, linda, mas sem cosméticos, com a maca e as dividas da Universidade. Então decidi estudar para ter melhores resultados com as mãos... e todo meu material da Universidade foi perdido em um backup!!
.
Em um momento de desespero, quando não consegui pagar a primeira parcela do financiamento do curso, tomado de juros, limite de cartão fui “TOMAR UM CAFÉ com uma importante amiga que me disse “_porque você não começa com as FERRAMENTAS QUE VOCÊ TEM?”. Então lá fui eu...mais uma vez recomeçar... agora no meu próprio espaço.
.
6) Com a orientação de um antigo cliente e investidor aqui da Granja Viana me senti CONFIANTE com meu projeto. Então decidi doar meu trabalho e emanei pensamentos e boas energias para o universo. Comecei com uma maca, um pote de creme, espátula descartável e uma essência. Escolhi as toalhas e montei um espaço baseado no que eu havia aprendido, na prática, sobre a importância de um ambiente "SPA". Iniciei a estética facial quando meu marido acreditou no projeto e comprou a primeira parte dos cosméticos.
.
Com a parceria de uma cliente querida (mais um ANJO) que me cedeu sua carteira de clientes, iniciei a divulgação do meu trabalho durante um evento voltado para o "Dia das Mães". E, então, tudo voltou a dar certo.
.
Logo chegaram as indicações de novos clientes dos meus clientes, de outras profissionais da área de beleza e paguei primeira minha parcela da divida do banco... até quitá-la por completo.
.
Hoje agradeço a tudo que não deu certo, pois, sei que com uma espátula e um pote de creme chego a qualquer lugar do mundo!!
.
Enfim meninas aqui estou com meu filho mais velho agora com quinze anos, meu menor completou seis que está
indo para o primeiro ano do fundamental e mudando de colégio. Eu???
.
Apostei em um perfil diferente de atendimento com total atenção e carinho ao meu cliente, sem filas de espera, onde o tempo sou eu que administro em um ambiente separado de minha casa.
.
Todos se sentem bem e saem felizes com o trabalho e com o atendimento. Hoje, rsrsr, tenho uma máquina de café, chá e claro, os melhores cosméticos do mercado o qual já comecei a revendê-los e com lucro reinvisto.
.
Estou tendo a oportunidade de fazer mais e mais cursos e sou uma profissional atualizada. Meu consultório ficou lindo, com conforto, flores, aromas e protocolos personalizados.
.
EU, atuo com estética facial e corporal, massagem pré e pós operatório além de Beleza e Saúde associadas ao Relaxamento e ao Bem Estar. E quero muito mais, com tempo para ser feliz.
.
Termino agora de escrever, sentada na rua com o notebook porque meu menininho está em férias andando de bike!
.
Quem disse que não podemos ser felizes e vencer? Precisamos de pelo menos um ANJO em nossas vidas e força para jamais desistirmos de nós mesmas!
.
Um abraço a todas,

Claudia Miceli
Estética Corpo e Face
www.claudiamiceli.blogspot.com/

Um comentário:

jacques disse...

RESTRUTURAÇÃO DE ROSTOS FLÁCIDOS E SEM TONICIDADE


AMPOLA UNIDOSE DE COLÁGENO MARINHO COUP D´ÉCLAT DA FRANÇA

Auxilia em remodelar e regenerar a face e o aumento da firmeza, tonicidade e flexibilidade cutânea. Possui colágeno marinho solúvel, de estrutura helicoidal, na forma mais próxima a do colágeno humano.
O colágeno e um elemento fundamental da estrutura da derme e dos tecidos de sustentação dos quais depende a firmeza da pele . Ele ajuda contra o envelhecimento prematuro e as suas manifestações inesteticas.

ELE É TAMBÉM PRESCRITO POR DERMATOLOGISTAS.

O ÚNICO COM ESTUDOS DE EFICÁCIA MENSURÁVEL:

Eficácia testada in vivo sob controle dermatologico:

Após 12 dias (percentual dos voluntários nos quais os seguintes efeitos foram constatados)

• Aumento da tonicidade e flexibilidade cutânea: 53%
• Aumento da tensão cutânea: 47%
• Aumento da firmeza cutânea: 59%

Toda noite , na pele da face e do pescoço perfeitamente demaquiados , aplicar o conteúdo de uma ampola , massageando ligeiramente com a extremidade dos dedos até a absorção completa do produto. Proceder a um tratamento de 12 dias consecutivos ( ampola toda noite ) . No caso de peles muito exigentes , prolongar o tratamento de 12 dias.

No site asepta.com.br na pagina "parceiros" ha inúmeras opções onde comprar.
A Época Cosméticos no Rio, Drogaria Iguatemi em São Paulo e outros têm esses produtos à venda inclusive pela internet (saisdaterra, dermexpress, dermatan, pharmaweb,... )

Espero ter contribuído de alguma forma